Desrespeito contra profissionais da enfermagem

Desrespeito contra profissionais da enfermagem

A gestão da Prefeitura Municipal de Salvador mostra sua truculência e falta de respeito com que trata a Enfermagem. O Prefeito de Salvador e a Secretaria Municipal de Saúde tratam os servidores de forma diferenciada com atitudes que privilegiam e beneficiam uma única profissão em detrimento dos demais, através de aumento e gratificações. Esses fatos geram clima de revolta, os quais provocaram um movimento grevista na Urgência e Emergência, no entanto esta mobilização não foi considerada abusiva pelas instancias jurídicas.

No período da greve, foi determinado que ficassem garantidos 70% dos funcionários em serviço, e essa exigência foi respeitada. Em Assembleia, os trabalhadores acordaram em retornar as atividades e houve compromisso por parte do Gestor Municipal, na abertura da mesa em questão, para apresentação das reivindicações e conflitos, no entanto isso não ocorreu e foram descontados os dias que os funcionários estavam paralisados, além de que foi aberto processo administrativo como forma de intimidação, punição e demissão.

O Sindicato dos Enfermeiros do Estado da Bahia, em pleno processo democrático repudia atitudes de truculência e autoritarismo e não aceitaremos que os Enfermeiros sejam punidos por defenderem melhores condições de trabalho, reconhecimento profissional e isonomia salarial.

O Seeb não se sujeitará a nenhuma tentativa de intimidação por parte de nenhum gestor e estaremos acompanhando em todas as instancias e disponibilizando aos colegas toda a assistência necessária. Continuaremos firmes e unidos na luta por uma enfermagem respeitada e valorizada.

 

Salvador, 11 de novembro de 2014

Lúcia Esther Duque Moliterno, presidente do Sindicato dos Enfermeiros do Estado da Bahia.

Agenda da Semana

08 a 12 de Abril

08/04

 (Segunda)

Agenda interna.

09/04

(Terça)

(09:00) Manifestação com os Ex trabalhadores do Hospital Espanhol na Estação de Imbuí.
(19:30) Assembleia para discussão da pauta negocial com enfermeiras/os da região de Ilhéus e Itabuna.

10/04

(Quarta)

(09:00) Mediação no MPT com o município de Entre Rios.
(14:00) Plenária geral para eleição de delegadas/os para a 2ª Conferência Municipal de gestão do trabalho e educação em saúde.

11/04

(Quinta)

Apuração de denuncias.

12/04

(Sexta)

(11:15) Mediação no MPT com o município de Mata de São João.
(14:00) Reunião de diretoria.

Confira também!

PAUTA PARA NEGOCIAÇÃO COLETIVA PARA OS SINDICATOS PATRONAIS – 2024/2025

SEEB se reuniu com o MTP para tratar das denúncias do Piso Salarial da Enfermagem

Abrir WhatsApp
Precisa de ajuda?
Olá! Como podemos te ajudar?