Notícias

Sindicalize-se! Defenda-se.

01/08/17 às 15h15 - Atualizado em 07/08/17 às 17h54

O quadro é grave.

O Sindicato dos Enfermeiros do Estado da Bahia (SEEB) edificou ao longo dos anos uma história de muitas lutas e conquistas, atuando à frente da categoria em favor de condições dignas e justas de trabalho. Mas, após os últimos golpes que sofremos contra a democracia e contra os direitos do trabalhador, a existência do sindicato está ameaçada.

É certo que as batalhas que travamos nunca foram fáceis, a exemplo da defesa da jornada de 30 horas semanais, piso salarial e tantas outras bandeiras que incansavelmente temos levantado. Mas agora enfrentamos, junto aos demais trabalhadores de todos os setores da sociedade, uma das maiores afrontas aos nossos direitos legítimos: as reformas trabalhistas e previdenciárias que estão sendo impostas.

E é por esta razão que a participação ativa da categoria nas decisões e nas lutas constantes da entidade é considerada indispensável! A responsabilidade de manter o sindicato forte é de todos os profissionais e é também dever de cada um incentivar os seus próximos a se filiarem, uma vez que a unidade fortalece a luta e possibilita que novas conquistas sejam atingidas em prol não apenas dos enfermeiros, mas de toda a Saúde no país.
A luta é de todos nós para garantir a vida e a manutenção da nossa entidade sindical.

Sindicalizando-se, o trabalhador garante que o SEEB possa continuar assistindo os seus membros e toda a classe através de diversas ações que são realizadas, à exemplo das Convenções Coletivas de Trabalho, assistência jurídica trabalhista, cível, previdenciária, de defesa do consumidor e contábil, pagamento de processos de adicional noturno e horas extras, além dos convênios com lojas, faculdades, planos de saúde, odontológicos e outros. São oferecidos ainda cursos de formação sindical e de temas científicos, promovidas campanhas de conscientização, de combate ao assédio moral e violência nos locais de trabalho e articuladas caminhadas em prol dos projetos da Enfermagem (carga horária, piso salarial, aposentadoria e valorização profissional). Além disso, o sindicato defende os direitos dos enfermeiros ocupando os espaços políticos e pautando todas as reivindicações fruto das necessidades da classe.
O Sindicato, que sempre foi uma instituição de suma importância enquanto único verdadeiro apoio ao trabalhador, está ameaçado.

Faça a sua parte.
Sindicalize-se! Juntos somos fortes

Dê o play e assista ao vídeo:

Redes Sociais